sábado, 21 de abril de 2018

Uma verdade inconveniente

Qual seu patrimônio líquido? Vc é solteiro ou casado? Vc é casado?! Será mesmo que possui o que diz possuir? Vamos começar definindo patrimônio líquido: 

Definição: Patrimônio Líquido é formado pelo grupo de contas que registra o valor contábil pertencente aos acionistas ou quotistas.

Note que patrimônio líquido é definido como pertencente aos sócios. Caso sejam dois sócios, patrimônio será dividido ao meio. Entenderam onde estou querendo chegar? Pois bem, irei explicar: Vc que é casado ou namora morando com sua (ou seu) companheira vivendo sob o mesmo teto em união estável, deve considerar seu patrimônio líquido atual divido ao meio.

Não estou querendo colocar água no chopp de ninguém, mas o fato é que o divórcio (ou separação) ocorre mais frequentemente do que imaginamos. 

- Mas Hank, minha mulher já me disse que se nos separarmos, ela não vai querer nada de mim (um ser superior), vai cada um pro seu lado com o investimento particular de cada.
- Já viu uma mulher com raiva? Do tipo que foi traída e humilhada? Ela vai fazer qualquer coisa pra te atacar, vai tomar metade dos seus bens, mesmo que não precise de dinheiro.

Sabe aquela frase: No início é meu bem, no fim é meus bens. É bem por aí mesmo. O maior prejudicado sempre vai ser o homem, pois geralmente a mulher não costuma economizar e investir. A maioria é analfabeta financeira, salvo raros casos. Entendem o porquê de muitos casais continuarem morando (e se aturando) juntos mesmo já separados emocionalmente ? 

Quero deixar bem claro que não sou contra o casamento, pelo contrário. Mas tenham plena consciência de não casarem com qualquer uma. Escolham uma companheira que agregue valor ao seu lado. Tenham consciência que agora não é mais seu patrimônio e sim dos dois, a não ser que você consiga esconder muito bem todo esse dinheiro dela, mas aí é outra história.

Mas onde eu quero chegar com tudo isso?
Dois pontos fundamentais:
  • Se for casar, escolher bem uma companheira (não premiar aproveitadoras);
  • Ter plena consciência do seu patrimônio real quando estiver casado.
Apesar de ser óbvio o que eu disse, quantas vezes vemos homens por aí arruinados por uma separação? Casando-se com mulheres de comportamento duvidoso, sendo corneados e aceitando uma relação  fracassada para manterem as aparências (e seu suposto patrimônio)...

O óbvio tem que ser dito!

Até a próxima 

4 comentários:

  1. Olá HI,

    Parabéns pelo post.
    Tem cara que confia quando a mulher fala que não quer nada caso se separar. kkkkk.
    O homem só conhece a esposa só na hora do divórcio.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Fala Cowboy,

    Rapaz, vi que vc fez um post semelhante, concordamos nesse assunto. Devemos orientar os mais novos a não casar com qualquer uma, mas se for casar, escolher muito bem sua futura esposa e mesmo assim, uma ótima pessoa pode ser revelar na hora da separação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. O ideal é casar com separação total.

    ResponderExcluir
  4. Verdade Surfista, mas mesmo casando com separação de bens poderá arcar com uma possível pensão alimentícia em caso de filhos. O ideal mesmo é conhecer muito bem sua parceira antes de casar com ela. Não se deixar levar por paixões e procurar identificar falhas de caráter aceitáveis ou não.
    Abraços

    ResponderExcluir