quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Atualização patrimonial: Julho/2018 - 294.471,97 (+0,3%)

Fala pessoal!

A blogosfera ainda esta sentido muito a perda do nosso colega VDC, espero que tenha sido uma história inventada por ele para se desligar e poder curtir em paz sua IF. Só acho (caso ele tenha realmente inventado essa história) que ele poderia ter falado aqui: Pessoal, vou sumir, já deu pra mim, cansei de escrever. Agora inventar essa história de que ele simplesmente foi vítima de mal súbito, de uma pelada de domingo (que ele nem comentava que praticava) ? 

Por outro lado, inventar uma mentira dessa vai contra tudo o que ele ensinava. Acumular patrimônio para poder gozar de uma aposentadoria tranquila. O que pensar quando alguém jovem morre assim desse jeito ? Bom, se a morte chegou para uma pessoal tão esforçada quanto ele, pra quê eu vou aportar e deixar de curtir a vida ? Não creio que era essa a intenção do VDC em seu último post: Estimular as pessoas a gastarem tudo pois podem morrer a qualquer momento.  

Fatalidades existem! Nunca saberemos a verdade e, pra mim, isso pouco importa. Sei que há um risco de eu nunca poder gozar meu patrimônio conquistado com suor durante todos esses anos de trabalho. Não devemos deixar de correr riscos, mas fazer o possível para minimizá-los. Já sabemos o que devemos ou não fazer (e comer) para ter longevidade na vida. Basta não cometer excessos em todos sentidos da vida.

Patrimônio

Segue no ritmo mais lento agora, por conta de que todo meu aporte foi revertido em obras no novo apartamento que adquiri em leilão. 

Vida pessoal e hobby

Tem apenas três meses que venho praticando tênis e estou amando esse esporte. Podemos gastar cerca de 600 calorias numa única partida. O esporte é muito competitivo e faz você aprender muito a lidar com pressão, controle emocional e corporal. 

No campo de relacionamento, sigo solteiro, firme e forte. Depois de um casamento, você não deseja mais nada, a não ser curtir a vida como o tio Charlie de two and half man. 

Mestrado

Mal comecei e não vejo a hora de terminar. Se tem uma engenharia que só fala de coisas óbvias, essa engenharia é a de produção. Como sou formado em mecânica, estou acostumado a analisar, raciocinar e calcular e resolver problemas práticos. Estudar produção é bla bla bla, sem fim, aliás, com um fim, dizer coisas que todo mundo já sabe.


Música boa do Di Ferrero!


Abraços e até mais!

10 comentários:

  1. Boa, Hank. Isso aí devagar e sempre.

    Só uma dúvida: vi que vc é militar, mas tb é engenheiro mecânico. Vc entrou como temporário/concursado ou é de escola?

    Grande abraço.

    Mercante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mercante, ingressei como militar de carreira já possuindo o nível superior. Muitos companheiros de farda afirmam que é a melhor porta para ingressar como oficial, tendo em vista que não fica 4 anos estudando um curso superior genérico, marchando e dando serviço durante todo esse tempo, isso em regime fechado aquartelado, só sendo possível liberação em fins de semana.

      O militar temporário fica só 8 anos nas FA e não chega ao posto de capitão, vai no máximo até 1° Tenente.

      Abraços

      Excluir
  2. Parabens hank!!!! Crescendo em todos os aspectos da vida. Mestrado deve ser algo bem puxado, mas vale a pena. Sobre casamento, voce foi casado há muito tempo? Quais as vantagens e desvantagens que voce vê nisto? Voce que pulou fora? Estou naquela fase em que meus amigos estão casando e noivando e eu só vivendo a vida do Charlie Sheen. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Gari! Ao contrário do que imaginei, o mestrado está sendo bem tranquilo, porém maçante e pouco desafiador. Sinto que perco tempo e dinheiro ao fazer pesquisa inútil.

      Sobre o casamento, fui casado por um bom tempo com um excelente mulher, fiel, batalhadora, mas que, por circunstâncias da vida, nossos destinos foram separados. Nunca iremos saber quem foi que deu o primeiro passo do afastamento da relação (consciente ou inconsciente). Uma pessoa pode simplesmente afastar outra ao não cuidar do seu corpo, ter ciúmes em excesso, não dar carinho e atenção, enfim são muitas razões, não apenas traições.

      A bem conhecida briga casados X solteiros é pura balela. As duas vidas possuem vantagens e desvantagens. Hj em dia me sinto mais livre pra fazer o que eu quero, mas em contrapartida nunca me senti tão sozinho, apesar de estar sempre acompanhado (e gastando mais dinheiro). Não vá na onda de todo mundo estar fazendo então vou fazer tb. Estou numa fase dos 30 que todos meus amigos estão tendo filhos e eu sou o único que assisto a tudo isso com a maior frieza. Não me emociono.

      Abraços!

      Excluir
  3. Fala ai Hank! Tio Charlie é? rs vida boa...

    Cara, faz um tempão que não jogo tênis. É um esporte viciante, complexo, desafiador... Preciso voltar a jogar


    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Inglês, vida boa mesmo. Não sei se voltarei a ser casado novamente, rs.

      É preciso uma boa dose de concentração também no tênis. Depois que aprende a sacar, backhand, Slice e voleio, o jogo fica ainda mais divertido. Ainda por cima dá pra ficar bem definido, pois tem muita corrida no jogo.

      Abraços

      Excluir
  4. Olá HI,

    Parabéns pelo post. A única certeza que temos é a morte. Mesmo assim é bom investir, pois podemos viver muito e ter uma grana para isso é aconselhável.

    Eu tenho 2 irmãos, um que se formou em engenharia de produção e se tornou PM, pois não encontrou emprego e uma irmão que está preste a formar, mas que provavelmente vai ficar desempregada. Eu falei para eles que essa é umas das piores engenharias que existem, mas não me ouviu.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Cowboy! Acho que eu prefiro viver como se não fosse morrer amanhã e depois olhar pra trás e dizer que foi duro, deu trabalho mas que valeu a pena, do que viver como se fosse morrer amanhã e me arrepender de tudo que poderia ter feito pra melhorar minha condição financeira na aposentadoria. O tempo não volta atrás e mesmo que vc morra, pelo menos morreu sonhando e lutando como um guerreiro de verdade, e não como um frouxo carpe diem.

      Até que em termos de empregabilidade, essa administração disfarçada de engenharia tem bastante vaga por aí, pois tem seu campo de atuação em gestão. As outras engenharias tem nichos de mercado bastante delimitadores e fortemente dependentes da economia da região/país.

      Abraços.

      Excluir
  5. É isso ai Hank,
    depois vai relatando mais pra gente sobre o imóvel do leilão.

    Ri bastante com essa história do mestrado :D
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem Funcionário! Claro, posso fazer sim alguns post a respeito, já que na blogosfera não se acha muito conteúdo prático, apenas algumas divagações que mais amedrontam do incentivam.

    Abraços amigo!

    ResponderExcluir