terça-feira, 2 de outubro de 2018

Atualização patrimonial: Setembro/2018 - 307.044,95 (+3,2%)

Olá!

Eu sei, sumi por uns tempos, mas não morri. Peço desculpas aos meus leitores, mas minha vida entrou numa correria bem intensa mesmo. A seguir, irei fazer uma rápida atualização patrimonial. Finalmente os 300k chegou !  Lembro que no início da minha caminhada, como sonhava chegar até aqui. Claro, falta muito pra chegar onde quero, mas temos que comemorar cada pequena vitória, pois foi conquistado com muito sacrifício. 

Meu patrimônio está dividido da seguinte forma:


Imóvel

Venho trabalhando intensamente na reforma do apartamento que adquiri em leilão. Minha estratégia aqui é bem simples: reformar e vender. Poderia, claro, vender sem fazer a reforma, porém, possivelmente teria dificuldades em vendê-lo ou encontrar muitas pessoas querendo pechinchar (e com razão) numa casa com muitas coisas pra fazer. Tive que arrancar todo o piso antigo (era um piso de taco, bem velho) e colocar um piso de cerâmica padrão. Consertei janelas de alumínio, troquei portas de madeira, vaso e pia quebrados, azulejos faltando nas paredes da cozinha, parte elétrica e hidráulica também tive que arrumar. 

O local parecia um cenário de guerra, quando entrei no imóvel pela primeira vez, senti um desânimo. Comprar em leilão é uma verdadeira caixinha de surpresas! Apesar de o imóvel estar desocupado (me poupando tempo e dinheiro com a desocupação), ele estava bem quebrado mesmo. Agora entendo o porquê do antigo proprietário ter abandonado o lugar.

No final de tudo, pintei todo o apartamento de branco padrão. O resultado ficou sensacional, comparado ao que era antes. Nessa reforma, gastei em torno de 10 mil reais, o qual não foi computado no patrimônio acima.  Agora é esperar as eleições terminarem para tentar vender com algum lucro. Caso não venda num horizonte de 1 ano, irei entrar com o plano B, que é alugar.

Que venha os 400k!!

Abraços a todos

4 comentários:

  1. Fala, Hank, bom dia!

    Você adquiriu este imóvel via leilão da CEF?

    Sucesso e bons negócios.

    Fuleiro
    investidorfuleiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Fuleiro? Sim, foi através de um leilão extrajudicial. Optei por essa modalidade por envolver menor risco. Contudo, é nos leilões judiciais que se ganha mais dinheiro, por haver um bom desconto em razão do maior risco jurídico.

      Abraço e bem vindo a blogosfera! Se puder me adicionar em sua lista, farei o mesmo aqui!

      Excluir
  2. Hank, foi na modlidade venda direta ou leilao da cef?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hudson, tudo bem ? Foi em leilão mesmo. Paga-se a comissão do leiloeiro nessa modalidade, porém, é aqui que costuma-se apresentar as melhores oportunidades. Abraços

      Excluir